O Brasil agora sabe quem é Tiago Leifert

12 07 2010

 

O pessoal do Estado de São Paulo já conhecia a figura. O cara que simplesmente mudou a cara do tradicional “Globo Esporte”.

Antes dele assumir o comando da atração (somente para SP), o GE não passava de um programa que intercalava gols pelo Brasil, reportagens sobre os times grandes e uma ou outra nota sobre os demais esportes.

Confesso que na mudança do programa, eu fiquei ressabiado. Cheguei até a não gostar.
Pensava comigo: “esse cara se acha um pateta, o engraçadão, né?”

Sei que não era só eu que pensava assim. É natural do ser humano ser resistente a mudanças.

Não sei se ele mudou ou se minha antipatia virou simpatia, mas Tiago Leifert, aos poucos, reconquistou a audiência do GE e trouxe um novo público para o programa.

Crianças, donas de casa, idosos. De 08 a 80, Tiago arrancava aplausos e risos.

Nem tão pateta e nem tão sério. Na medida exata em que se deve apresentar um programa esportivo. Com a descontração precisa.

Com a Copa do Mundo, a Globo vem com a “Central da Copa”, que reuniria parte da equipe que não foi a África do Sul, para comentar tudo referente ao torneio.

E Tiago, junto com Caio Ribeiro, conduziu com maestria.

Deve-se muito ao fato dos convidados terem voz ativa, participar junto.

Quanto espaço ele deu para aquela argentina que ele pegava no pé, a Marina. E pra campanha encabeçada pelo casseta Hélio de la Peña, para libertarem Caio Ribeiro do “cativeiro”.

Diferente de alguns jornalistas, Tiago não queria brilhar sozinho.

Talvez esse foi o principal diferencial do “Central da Copa”. Que aproximou ainda mais o público do produto.

E o Brasil inteiro pode ter ideia desse jeito de apresentar que revolucionou o jornalismo esportivo da Rede Globo.

Que venha o “Central dos Esportes”, “Central do Brasileirão”, enfim…que venha Tiago Leifert.

Anúncios

Ações

Information

2 responses

12 07 2010
Leandro "Lemão" Lourenço

Eu também não curtia ele não. Mas o João Carlos Albuquerque ainda destrói.

12 07 2010
Rafael Techima

O João Carlos Albuquerque é bom também. Gostei dele apresentando do “Fora de Jogo”, da ESPN.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s




%d blogueiros gostam disto: