Muito mais que Romeu & Julieta

2 08 2010

O corinthiano fala com a boca cheia que seu maior rival é o Palmeiras.

O palmeirense também não fica atrás e declara que o Corinthians é o maior rival do seu time.

Parece até uma história de amor, não é mesmo?

É tanto “ódio” e “rancor” que chego até a desconfiar que se amam, lá no fundo.

Uma história construída em cima de uma rivalidade que eles julgam ser a maior do Brasil. Ou até mesmo, uma das maiores do mundo.

Rivalidade, né?

Desde a eliminação corinthiana, na Copa Libertadores 2000, me faça lembrar de um Palmeiras x Corinthians emocionante ou disputado.

Será que foi a partir dali que eles descobriram que, na verdade, o que mais queriam eram estar juntos, pro que der e vier?

Talvez sim. Ainda mais vendo o “colega” do litoral voltar a conquistar títulos e o “colega” do Morumbi reafirmar-se como um grande campeão.

O que sobrou para eles, que se amam tanto? Se declararem os maiores rivais, um do outro.

Inimigos não, né?

Muito pesado para quem quer, nas entrelinhas, declarar que estão apaixonados.

Dedicaram-se tanto a esse nobre sentimento, a mostrar o quanto ele é grande e maior que tudo, que se esqueceram do amor próprio.

Um caiu pra segunda divisão primeiro. Anos depois, o outro tomou o mesmo caminho.

Parceiros no amor. Parceiros na dor.

“Rivais” cada vez mais inseperáveis, com o passar do tempo.

Tanto, que resolveram estampar essa paixão em suas camisas e mostrar que ninguém é mais apaixonado que os dois pombinhos.

É de dar inveja a muitos casais, com relação sólida.

Claudia Raia e Edson Celulari já até se separaram. E a relação entre alvinegros e alviverdes parece que está longe de ter um fim.

Se eles discutem o relacionamento? Ah! Eles preferem falar mal do “colega” mais rico, que tem uma mansão e muitas jóias. É o hobby do casal.

Já que eles enjoaram de jogar futebol juntos, para saber quem é o melhor.

Só quero saber onde eles oficializarão essa união.

Na capela de São Jorge ou na de São Marcos de Manchester?

Dizem que na Argentina, acabaram de liberar…

Anúncios

Ações

Information

5 responses

29 04 2011
Romeu mandou, Julieta obedece. « Um São Paulino

[…] mais bonitinho do futebol paulista, publico novamente o texto que originalmente foi publicado no meu outro blog. Uma linda história de amor, que eles, pra disfarçar, preferem chamar de […]

22 10 2010
Muito mais que Romeu & Julieta « Um São Paulino

[…] Texto originalmente postado no meu outro blog. Deixe um comentário Deixe um comentário até o momento Deixar um comentário Feed RSS para […]

18 08 2010
Geraldo "JASON" Lina

KKKKKKKKKKKKKK.
Sensacional. Belo texto.
***(*) ******(*)

2 08 2010
Mírian Furtado - SP

Aff, o que a inveja não faz não é? haha. Já que não tem o que falarem sobre seus times, já que um gastou milhões com pubicidade e contratações e fez jus ao logo “CEMTERNADA” e outro até alguns dias atrás tava em derrocada! Que sejam felizes e que se afundem cada vez mais juntos, enquanto o MAIOR DO MUNDO vai construindo seu legado!

2 08 2010
Thiago Soares

É lamentável para a qualidade do clássico e da rivalidade entre os dois, esse clima “paz e amor”.

Isso não existe em qualquer lugar do mundo! É uma baita hipocresia.

O Beluzzo declarou que esse é o maior clássico. Claro, eu vi ontem, o Pacaembu estava lotado, neh?

Agora, eles poderia se unir,;
O de verde não tem time e o preto e branco não tem estádio.
Quem sabe se jutando eles não formam algo menos pior.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s




%d blogueiros gostam disto: