Criaram um monstro: o troll

26 10 2010

O Twitter trouxe suas vantagens, mas também tem seus efeitos colaterais, como toda boa rede social.

Um deles é a galera que se acha a mais engraçada. Os donos da verdade, quando o assunto é fazer graça.

E o repertório deles é vasto. Se o assunto sai nos G1s da vida, logo tem uma piadinha tirada da manga.

Bom, tem muita gente que acha tudo isso engraçado e são os que alimentam o ego desse povo. Tenho que reconhecer esse mérito. Mas é aí que mora o perigo.

Quando um desses caras (ou moças) ganham certa popularidade na “twittosfera”, eles passam a não aceitar mais as críticas de quem não gosta de suas piadas ou gracinhas.

Talvez desse sentimento tenha sido criado o adjetivo “troll”.

Os trolls são taxados como aqueles que incomodam e pertubam a vida alheia dos que se acham a última bolacha do pacote no mundo virtual.

Ou seja, é a última moda em apelidos dados às pessoas que falam mal sobre algo.

Cercear o direito de expressão dos que são denominados trolls é um tanto quanto antiquado, não?

Quando é feito algo, é impossível agradar todo mundo. Então qual o problema em ver alguém criticar?

Muita gente fala em “apertar o botão de foda-se”, mas fica toda melindrada quando lê, ouve ou vê algo que o critique.

O que era (pseudo) engraçado no início, acaba ficando chato, com esse pessoal reclamando da “trollagem” e distribuindo “blocks” a dar com o pau.

O conceito de humor é simplesmente fazer graça. Não é? Ou mudou para combater os críticos e “evangelizar” toda a sociedade com piadinhas sem graça retirada dos piores shows de stand-up comedy desse Brasil de meu Deus?

Anúncios

Ações

Information

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s




%d blogueiros gostam disto: